Maleta vermelha

Susana Crisóstomo, assessora da Maleta Vermelha em Leiria

– Eu sou maior do que tu!
– Mas eu rodo 360 graus.
– E eu vibro e tenho espasmos.
– Eu tenho esferas estimulantes!
– Cá eu sou o “negão”…

Se dentro da maleta vermelha da Susana se falasse, esta seria uma conversa entre os variadíssimos vibradores lá  escondidos, já para não falar no que diriam os estimulantes, os anéis vibratórios, os lubrificantes e demais brinquedos do prazer que lá transporta. Era um regabofe, pois com certeza.

Dentro da mala há um mundo sem fim de produtos e acessórios de estimulação sexual, mas para conhecer o que lá vai dentro é preciso marcar um encontro. Uma espécie de reunião Tupperware mas muito mais interessante, como se deixa adivinhar.

A Maleta Vermelha “é um projecto concebido por mulheres e para mulheres” e estas reuniões são para elas, embora possam estar presentes os companheiros, mas nunca se realizam apenas para homens. O conceito nasceu em Barcelona e depressa penetrou em Portugal, havendo assessoras espalhadas por todo o território sempre de mala aviada para levar até às ladies muitas ideias marotas.

Durante a reunião saboreiam-se óleos, sentem-se cheiros, mexe-se em tudo o que se quiser e até há umas escapadinhas à casa de banho para experimentar o recordista de vendas. Chama-se Volaré e é um gel mentolado que quando aplicado, ora muito bem, onde tem de ser, proporciona uma frescura estimulante na mulher.

Mas para eles também há o Dragon que aquece, aquece, aquece, mas não explode, garante Susana. Ou melhor, explodir até explode, mas isso são contas de outro rosário… ups, talvez não devêssemos usar expressões religiosas neste contexto. Bom, não há-de ser nada, que no momento da explosão também se proferem muitos “oh my god”, pelo menos nos filmes, não é?

Susana é contabilista e há cinco anos que é também assessora da Maleta Vermelha. É sobretudo ao fim-de-semana que faz as apresentações e diz que raramente tem um de descanso. Despedidas de solteira são o forte do negócio, mas também há quem requisite as apresentações simplesmente para uma tarde de diversão entre amigas, ou mesmo casais interessados em dar algum gasóleo aos motores ou procurar novas fantasias.

Maleta vermelha 2

Sem tabus mas com acessos interditos
“Nas reuniões há todo o tipo de comportamentos”, diz Susana, que até já consegue prever certas reacções a determinados temas. “Sexo anal ainda é o grande tabu, mas só quando toca a elas. Fala-se no assunto e, regra geral, faz-se silêncio.” “Mas quando passamos à apresentação de alguns brinquedos que podem ser usados para estimular os companheiros, há logo uma desinibição maior e elas até acham alguma graça.”

Sim, estimular a região anal no homem, bem como não deixar os testículos ao abandono, é um dos conselhos da assessora que aborda todos os assuntos “sem tabus, com dose q.b. de humor e boa disposição”. Susana garante que nem sempre as mais extrovertidas são as de mente mais aberta, nem as mais sossegadas são desinteressadas ou tímidas.

No final da reunião há o momento comercial, mas a representante da Maleta Vermelha não tem consigo artigos para venda. É feita uma encomenda, que mais tarde é entregue à cliente, em mãos, pela própria promotora.

“É neste momento que normalmente elas aproveitam para fazer uma ou outra pergunta que não quiseram fazer na presença das amigas”, diz Susana, que só sobre a questão do sexo anal já deu inúmeros conselhos e que basicamente são sempre os mesmos: “Nunca sem lubrificante. Nunca numa posição de esforço, como ficar de quatro. Sempre numa posição de relaxamento, como por exemplo deitadas de barriga para baixo.”

Se tivéssemos um provedor ao estilo do personagem Diácono Remédios, era agora que ele entrava e com o seu sotaque beirão dizia: “Vamos lá a continuar, mas sem malícia.” A Preguiça fica por aqui e espera ter dado uma mãozinha, um empurrãozinho, um encosto, seja lá o que for… “mas sem malícia”.

A saber:
Duração das reuniões: cerca de 3 horas
Mínimo 8 pessoas
Apenas para mulheres ou casais
Nunca embebedar a noiva
5 euros/pessoa
Assessora de Leiria: Susana Crisóstomo
Telefone: 964994431
E-mail: susana_leiria@amaletavermelha.net
O site: aqui

Texto de Paula Lagoa
Fotos de Ricardo Graça

(publicado em 14 Março 2013)