Reis _ Caracois 1

O calor pede petiscos e há um em particular que é daqueles que ou se ama ou se odeia. É verdade, são eles mesmo: os caracóis, petisco do pobre que com o tempo ganhou reputação de marisco.

Todo o amante de caracóis, em Leiria, conhece a churrasqueira Reis, na Cruz d’Areia. Doses bem servidas, caracol rechonchudo e imperial a estalar. Os preguiçosos estiveram lá e atestaram a qualidade do bichinho bem como do tempero. Uma verdadeira delícia!

Nesta casa só entra caracol vivo e gastam-se “à vontade” 60 quilos por semana, diz-nos a custo José Reis, o proprietário. Confiança máxima no fornecedor e receita tradicional, sem extras nem invenções são o truque, já que “não há segredo nenhum, além do facto de serem cozinhados todos os dias”, garante José.

“Os meus caracóis podem comparar-se, em termos de validade, a uma sopa. Não podem ser comparados a esses caracóis que se compram já confeccionados e que duram duas semanas no frigorífico.”

Reis _ Caracois 2

Sobre a fama da casa sabe apenas que tem contado com “o boca-a boca dos clientes satisfeitos e do serviço take-away”, já que boa parte das vendas é feita para fora, “o que acaba por ajudar a que outras pessoas fiquem a conhecer, mesmo sem vir cá”, explica.

A Churrasqueira Reis existe há 12 anos e a fama do caracol foi crescendo. Diz quem domina o assunto que “aquilo dos meses com R não é verdade” [diz-se que os caracóis só estão bons para comer nos meses sem R, ou seja de Maio a Agosto], e que “para o caracol ser bom basta haver sol, pelo que de Abril a meados de Setembro há bons caracóis”, garante José.

Mas como grande parte do caracol que comemos é importado, até se podia comer o ano inteiro. Só que os hábitos e a cultura não se mudam assim por dá cá aquela palha, pelo que caracol só com sol.

É verdade, este ano tem-nos faltado o sol e depois quem paga é o caracol.

churrasqueira Reis

Churrasqueira Reis
Rua Lino António, lote 53, r/c esq.
Cruz d’Areia – Leiria
Telefone: 244 802 410
Horário: segunda a sábado, das 9h30 às 2h
Encerra ao domingo
Petiscos até às 22h
Outros petiscos: moelas, pipis, pataniscas, orelha assada, chamuças, etc.

Texto de Paula Lagoa
Fotografias de Ricardo Graça

(Publicado a 20 Junho 2013)