sandrine_preguica

Entramos e sentamo-nos. Pedimos uma bebida e ao som de um rock’n’roll começamos a conversar, sobre cinema, claro está. Este mês fui beber um chá com a Sandrine Vieira, designer gráfica, ilustradora, apaixonada por arte e pela joalharia. Uma menina cheia de criatividade, que transforma tudo o que a rodeia em jóias de usar e chorar por mais.

1. Qual foi o último filme que viste? Que dizes?
O último filme que vi foi o Her, do Spike Jonze. Estranhamente bom. Gostei mesmo e gostei de um pormenor: as calças que os homens usavam. Talvez um dia seja moda.

2. O teu top 3 de filmes.
Esta pergunta é muito má! Há muitos. Mas, pronto, vou dizer apenas três:
– A Single Man, do Tom Ford: Julgo que é o único filme que vi dele, mas fiquei rendida;
– The Straight Story, do David Lynch;
– e Funny Games, do Michael Haneke, a primeira versão, de 1997: Ainda estudava em Coimbra e lembro-me perfeitamente desse dia. Vi o filme meio paralisada e acho que só consegui respirar quando saí da sala!

3. O teu top 3 de realizadores.
David Lynch, Danny Boyle, David Fincher… e posso dizer outro?! Jean Pierre Jeunet. E mais outro, posso? O Quentin Tarantino!

4. Um actor e/ou actriz preferido(a)?
Um actor, o Javier Bardem. Uma actriz, a Meryl Streep.

5. Um clássico do cinema que andes sempre a adiar.
Um que ando sempre, sempre, sempre adiar, hummm… o Música no Coração. E acho que nunca o vou ver.

6. O que te leva a ver um filme? O realizador? A premissa? O elenco? Tudo isto junto? Ou nada disto?
Isso tudo ou nada disso. Às vezes é apenas pela imagem gráfica do filme.

7. Que filme viste tantas vezes, ao ponto de saberes as falas de cor?
Nenhum! São muitos filmes vistos. Mas acho piada a uma parte do filme Le Fabuleux Destin d’Amélie Poulain, quando ela diz várias vezes o nome do “Bretodeau, Bretodeau, Bretodeau”. Fixei isto, não sei porquê. Acho que é pelo som em francês.

8. Qual o filme da tua infância?
Tom Sawyer conta? É que não me lembro de um filme que me tenha marcado quando era pequenina.

9. Um momento cinematográfico do qual te lembras recorrentemente?
Não me lembro de nenhum momento em particular, mas recordo-me muitas vezes do Blade Runner, do Ridley Scott, e do Trainspotting, do Danny Boyle, até porque deste último tenho um poster grande na sala.

10. És choramingas a ver cinema? Um momento de ir às lágrimas…?
Credo, sou uma Maria Madalena! Às vezes até tenho vergonha de sair da sala de cinema. Ponho os óculos escuros e tudo. Um momento: o Paciente Inglês inteiro… que coisa!

11. Se fosses uma personagem de cinema, qual serias e porquê?
Ui, isso agora… Quem seria? Não sei, talvez a princesa Selenia, de Arthur et les Minimoys, do Luc Besson. Gosto dela, tem power.

12. Com que personagem do mundo do cinema gostavas de ter uma conversa de café?
Gostava de conversar com o Charlie da fábrica de chocolate. Seria uma delícia!

13. Para que personagem de cinema gostarias de desenhar uma jóia? Porquê?
Talvez para o Dr. Hannibal Lecter, porque seria muito difícil e eu gosto de desafios.

14. Se pudesses desenhar os adereços para um filme, qual seria e porquê?
Seria para o filme Cleopatra, do Joseph L. Mankiewicz. Reinventar todos os adereços de forma contemporânea seria uma loucura!

Texto de Catarina Mamede
Ilustração de Rui Cardoso
(Publicado a 29 Maio 2014)