Caprichos_1

À porta há sempre uma frase inspiradora, que convida logo a entrar. Lá dentro voam casinhas e corações e o espaço enche-se de cores. Ali vendem-se caprichos, com a garantia de que mais ninguém tem um igual.

Patrícia Monteiro trabalhou durante sete anos na UNICEF. Depois de ter ficado desempregada, começou a fazer pequenas peças de artesanato em casa e a participar em feiras. O estágio em Educação Social, no Moinho de Papel, ajudou no desenvolvimento pelo gosto em fabricar peças artesanais, contudo a motivação vem desde a infância, em que se lembra da mãe a ensinar a fazer pompons e outras peças.

Antes da loja física, Patrícia vendia as peças através da página no Facebook ou nas feiras. Motivada pelos amigos e pela vontade de fazer algo mais, decidiu arriscar e abrir um espaço, no centro histórico de Leiria, na Rua Barão de Viamonte (Rua Direita). Assim, e com “um bocadinho de imaginação”, transformou um espaço de poucos metros quadrados numa loja de artesanato, onde quem passa não resiste a entrar.

Aberta desde Julho, a Caprichos está, segundo a proprietária, numa zona privilegiada da cidade. “Enquanto estava desempregada, passava aqui algum tempo e apercebi-me de que esta zona, ao contrário do que muitas pessoas pensam, é bastante movimentada, e muito frequentada por turistas”. Assim, decidiu também apostar em artesanato vocacionado para o turismo, com peças que representem a cidade, como a louça tradicional de Leiria, cozida em forno caseiro, e os crachás e imans. “Se passam aqui tantos turistas, jovens que vêm das escolas, acredito que isto tenha pernas para andar!”. A Preguiça acredita que a Caprichos está pronta para uma maratona.

Caprichos_4

A loja distingue-se pelo facto de ceder aos caprichos dos clientes, uma vez que todas as peças são personalizadas, elaboradas ao gosto do freguês. “Já me pediram para fazer ofertas para crianças para uma festa de aniversário. Para fugir aos tradicionais sacos de gomas, criei uns saquinhos de papel e lá dentro coloquei um desenho para colorir e lápis de cor”.

Na Caprichos há molduras, imans, almofadas, porta-velas, agendas, coroas de flores em papel, móbiles, pompons, caixinhas de papel, louça típica de Leiria, e os brinquedos antigos de madeira do tempo dos nossos avós. Peças originais para miúdos e graúdos, dos 8 aos 80, onde sobressaem as cores, e sobretudo o carinho com que foram feitas.

Para além de exibir ali as suas criações, Patrícia partilha o espaço com outros artistas que de vez em quando ali expõem, para dar a conhecer as novidades artísticas leirienses bem como para conseguir oferecer aos seus clientes mais diversidade. Actualmente, na Caprichos, podemos encontrar também os quadros da ilustradora Tânia Bailão Lopes, e Patrícia deseja, posteriormente, dar também a conhecer na sua loja o trabalho de Sara Aires, que confecciona peças de joalharia, em croché.

Quem já estiver a pensar nas prendas de Natal (sim, porque afinal há malta que não deixa tudo para a última) e prefere oferecer uma prenda original em vez de um qualquer par de meias comprado a duas horas da ceia, fica a saber que aqui isso é possível: aqui dá-se valor aos mais caprichosos.

Caprichos
Rua Barão de Viamonte (Rua Direita), n.º 9
2410-261 Leiria
Telefone: 244 861 378
E-mail: patríciasabino@gmail.com
Horário: Segunda a sexta, 9h30-13h e 14h-19h
facebook.com/caprichosecaprichos

Texto de Joana Areia
Fotografias de Ricardo Graça
(Publicado a 6 Novembro 2014)