Esta Circularidade é feita com Renato Sanches picado, dois dentes de Rui Patrício, uma folha de Pepe e um fio de Cristiano Ronaldo. Leva-se tudo a lume Quaresma. Quando ficar da cor de Adrien, junta-se um pau de William e duas fatias de Zé Fonte. Mistura-se um pacote de Nani e um Cédric e um Raphael previamente cozidos e cortados em pedacinhos. Antes de servir, polvilha-se com Fernando Santos.

Circularidade do Quadrado: conversas ao sabor da actualidade, de 15 em 15 dias, gravadas perante nenhuma audiência. Alexandre Louro pergunta, Renato Carreira responde.

Primeiro, a sociologia: o grande mérito deste Euro é ou não ter-nos permitido recordar a ecologia espongiforme do emigrante português em França engordado com ração futebolística scolariana?
PORTUGAL É O MAIOR PAÍS DO MUNDO. Por motivos futebolísticos, claro, mas também por todos os outros. Se não concordas com isto, a fronteira está aberta. Vai ser espanhol. Dispensamos gracinhas.

Esperavas mesmo que o Fernando Santos voltasse para casa no dia 11 de Julho?
Esse é aquele senhor com ar enfadado que costuma estar no banco durante os jogos? Pensei que lá estivesse para ir buscar águas.

Final com França. Que processo quântico permitiu que chegássemos aqui?
Chama-se sorte. É uma coisa que os franceses têm de vez em quando. Menos em guerras.

Luke, qual é o ponto fraco desta “Estrela da Morte” de comedores de baguetes?
A baguete é um pão fálico. A Estrela da Morte foi destruída com tiros num buraco escondido. Este site tem público familiar. Não posso dizer mais nada.

Agora que ganhámos, a Comissão Europeia ainda vai ter coragem para nos impor sanções por défice excessivo?
Desculpa. O início da pergunta fez-me rir tanto que não consegui ler o resto.

Afinal, que idade tem Renato Sanches?
62 bem medidos. Ou 9.

O que seria desta selecção sem o Sporting?
O que seria do Sporting sem esta selecção? O que seria de Benfica sem a Pontinha? Que seria do Porto sem os balões de São João? O que seria de nós sem perguntas que respondem a outras perguntas?

Há pouco facciosismo clubístico em torno da carreira de Portugal, não há?
Nem um único jogador do Portimonense convocado. Canalhas.

Que destino deve ter o microfone da CMTV atirado por Cristiano Ronaldo?
Servir de abrigo a um caranguejo-eremita (que se tornará correspondente do canal para escândalos do jet-set subaquático).

Qual o jogador de Portugal que te caiu no goto?
O Éder. Não faltam duas letras aí no início de “goto”?

Qual é o teu 11 inicial?
Jorge, Tico, Teco, Zé, Tozé, Cajó, Jomané, Larila, Nikinha, Jean-Pierre e João Moutinho.

Por esta é que ninguém estava à espera: o Quaresma vai ser baptizado e prepara uma festa de arromba, diz o Correio da Manhã.
Espero que não adote o “Lelito” como nome próprio oficial. Iria deixar tristes muitos jornais desportivos. Teriam de arranjar outra alcunha fofinha e racista.

Este Europeu garantiu vários recordes. Um deles foi o nosso tempo de exposição a Nuno Luz. O que retiveste até agora?
Não consigo olhar muito tempo para o Nuno Luz. Ofusca-me. Também não consigo ouvi-lo muito tempo, mas porque me faz impressão.

Carlos Daniel é mesmo o Guardiola da análise futebolística?
É. Obrigado, Deus, por nos dares pessoas assim tão versáteis e com talentos em tantas áreas diferentes.

Surpreende-te que o Rui Patrício seja de Leiria, mais concretamente de uma terra chamada Matoeira?
Então não era de Marrazes? Porque estais sempre a tornar tudo complicado, Leiria?

Imagina o que fizeram em Leiria: uma réplica da Taça da Europa em chocolate.
Comam já essa merda antes que me chateie.

Para terminar, o teu prato preferido: canta para nós a música que David Fonseca dedicou à selecção nacional.
Já disse uma palavra rude na resposta anterior. Não abuses da sorte.