O Instagram da Preguiça: @analuciapinto_

@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_@analuciapinto_

Falamos de poesia e de música quando falamos da galeria da @analuciapinto_. Falamos de palavras, imagem e som. Falamos de instantes de vida, portanto, fixados no momento, aos quais se dão ou não, cor.

O que te inspira?
Presa nesta pergunta desde há alguns dias concluí que é a fotografia, o que poderá parecer uma resposta circular, mas não o é. Completo-a com as motivações iniciais (de há dois ou três anos quando comecei) que evoluíram para as actuais e se encerram, metaforicamente, nas entrelinhas deste poema de Adília Lopes:

A PROPÓSITO DE ESTRELAS
Não sei se me interessei pelo rapaz
por ele se interessar por estrelas
se me interessei por estrelas por me interessar
pelo rapaz hoje quando penso no rapaz
penso em estrelas e quando penso em estrelas
penso no rapaz como me parece
que me vou ocupar com as estrelas
até ao fim dos meus dias parece-me que
não vou deixar de me interessar pelo rapaz
até ao fim dos meus dias
nunca saberei se me interesso por estrelas
se me interesso por um rapaz que se interessa
por estrelas já não me lembro
se vi primeiro as estrelas
se vi primeiro o rapaz
se quando vi o rapaz vi as estrelas
Adília Lopes (Um jogo bastante perigoso, 1985)

Três palavras para definir a tua galeria.
Eu defendo a palavra que vale mil imagens mas respondo, desta feita, tentando não inscrever (muitas) derivas: ideia, luz, espaço. Argumentaria, certamente, a escolha socorrendo-me de outras palavras que descrevessem os motes diários, mas que pela sua diversidade não interessa aqui apontar.

Uma sugestão.
Escolheria dois ou três mas com a restrição de escolher apenas um com perfil público elejo o @pedrotudela . Em síntese: agradam-me as suas ideias, o seu olhar, e as suas escolhas, assim como o compromisso com as suas imagens (assim o leio).